Banner

Confissão de um ex-abortista

Já fui um defensor do aborto. Nas décadas de 80 e 90 eu tinha clara consciência científica de que "embriões não passam de punhados de células". "Não há ninguém ali", pensava com convicção, "é preciso esperar o sistema nervoso central para, como num passe de mágica, aquela coisa receber o estatuto de ‘pessoa’”.

Na minha cabeça de estudante de química, um alface tinha mais valor do que um embrião humano, já que o alface poderia ser usado, pelo menos, … Continue Reading ››

Um Deus qualquer

Há problemas radicais na sentença sobre o totem de Sorocaba que escapam o próprio escopo jurídico em que a sentença foi formulada. O solo é arenoso. A sentença, em geral, alegra os incautos. E promove, a contragosto, exatamente o contrário do que visa defender: a soberania do Estado. A fim de dar voz as minorias, a consequência lógica da sentença é calar a todos. Há quem se delicie.

A suposta aula de respeito à fé das pessoas, que pode … Continue Reading ››

A ameaça totalitária e os fantasmas ideológicos

A “Marcha da Família com Deus”, prevista para 22 de Março, não passa de uma caricatura do que vem a ser a defesa legítima de instituições como família e religião na vida da sociedade civil; noutras palavras, um simulacro da mentalidade conservadora. Para reforçar os traços, a marcha vem acompanhada de um pedido nostálgico de “Intervenção Militar Constitucional”, demonstração da flagrante confusão entre “Intervenção Constitucional” e “Golpe de Estado”.

De fato, um conservador reconhece que as … Continue Reading ››

O homem insuficiente

A autonomia do indivíduo não é um fato natural, embora a liberdade seja um princípio da nossa condição, não há soberania absoluta para o homem. Nascemos em uma família, independente da nossa vontade, e da qual, em última análise, não temos como renunciar.  Pode haver renúncia jurídica, mas jamais renúncia desse dado radical da nossa historicidade: somos filhos, irmãos, netos, sobrinhos e primos; vivemos em uma época específica, em um lugar específico etc.

A autonomia é uma conquista limitada, … Continue Reading ››

Uma defesa da história da filosofia

Muita gente diferencia atividade filosófica da atividade do historiador da filosofia. Como se conhecer e fazer história da filosofia estivesse em segundo plano diante da atividade filosófica. Já vi muita gente estudante de filosofia contemporânea desprezar a leitura do passado a partir desse critério, como se ler os filósofos contemporâneos autorizasse a dizer que se está filosofando e não fazendo história.

Claro que isso deriva de um erro de percepção daquilo que significa a atividade filosófica e o eixo … Continue Reading ››

Free Google Page Rank